terça-feira, 31 de março de 2009

Tô precisando voltar a escrever...

Tô devendo notícias, ando afastada por que estou ocupadíssima, estes últimos 15 dias foi um inferno, tive que fazer mudança, fiquei sem internet, um monte de trabalho... Exames médicos (nada grave, rotina de controle da diabetes) tivemos uma festinha de despedida, todos se mudaram e o pueblo fechou. Estou em Barcelona morando com Vivi, devo fotos do novo piso... é tanta coisa que realmente não sei como vou dar conta.
Estou cansada... Comecei a escrever alguns trabalhos, quando enjoo passo pra outro, num total faltam 7 artigos, mas como não sou besta nem nada, acordei com dois profs que as disciplinas meio que se completam que faria m trabalho pros dois, com os dois marcos teórico, para economizar neurônios, outras duas vão ter os trabalho sobre o mesmo objeto, mudando o enfoque das análises, outra vou aproveitar minha ponência do Congresso e vou apresentar o mesmo seminário... parece fácil, mas difícil é sentar a bunda na cadeira se concentrar e escrever... Pa si fudê mô véi...

Cansei, quando tiver mais tempo e disposição meto as fotos da despedida e conto novidades, que tem é muita mas o cansaço não permite elaborar as mensagens.

Bjs, a todos.

quarta-feira, 18 de março de 2009

Esse povo fede!!!

Eita que agora o bicho tá pegando!
Começou a fazer um calorzinho e pense que se a galera já fedia em pleno inverno aos 3 graus, imagine agora aos 18, 20... Não tem quem aguente... ECA!
Em todos os lugares, não tem jeito, trem, ônibus, sala de aula, cinema, está insuportável.
Outro dia fui no cinema ver um documentário num centro cultural, nossa senhora sentaram uma senhora e um senhor cada um de um lado, e PELOAMORDEDEUS!!!! quase morro sufocada, precisava respirar, não consegui disfarçar o incômodo, tinha que elevar meu nariz alguns centímetros pra ver se conseguia algum oxigênio, nossa que horror!
Trem, ônibus e metrô já nem falo, porque é constante, abre a porta você sente logo aquele fedor característico... suvaco, grude, sei lá o que.
Tem um certo professor, superbom este tio, inteligente pra carai, uma enciclopédia do cinema, mas nossa senhora, ô bichinho pra feder e outra colega que paga alguns créditos comigo que nossa senhora, ninguém consegue chegar muito perto, fede tanto que arde, e esta semana calhou de estar os dois na mesma sala, a disputa foi tremenda, o próprio professor sugeriu deixar a porta da sala aberta pro ar circular... Imaginem!
Eu vou seguindo reclamando, pelo meu direito de respirar, já não sei se é costume de não banhar-se oude não usar desodorante, não escovar dentes, sei lá o que, sei que é realmente insuportável e impossível que um não se de cuenta de que a situação é crítica.
Por enquanto é isso, estou me organizando para ir morar em Barcelona, me falta apenas 10 dias para ir, o que passa é que estou ansiosa e não consigo me concentrar no monte de trabalho que tenho que entregar, a sorte es que tenho algum tempo livre já que acabam as aulas diárias esta semana, então só terei aula na sexta pela manhã no tempo restante estarei escrevendo...
Resumindo, tô fodida! mas tá valendo a pena. Pues, é isso! ahora me voy. Besitos.

quarta-feira, 11 de março de 2009

Crise capitalista fecha pueblo comunista...

Acabou, agora é pra valer... a crise apertou e agora é mas do que nunca cada um por si...

Eu vou pra Barcelona dividir piso com Vivi, me mudo fim do mês, pra mim vai ser ótimo, tô um pouco de saco cheio de ficar em Cerdanyola fazendo nada, e como as aulas estão acabando vou aproveitar um pouco a cidade, em Barcelona tem sempre algo pra se fazer, um museu, um cinema, uma exposição, praia, parques, ou simplesmente andar por ai...

Lisa a italiana também já está se maexendo pra ir para Barcelona, pelo mesmo motivo, nada pra fazer em (Merdanyola)...

Já havia comunicado que ia embora, mas ia fim de abril, mas por motivos recíprocos bom pra mim bom pra tu decicimos eu e Vivi que me mudo fim de março.

Lisa só sairia fim de abril, mas ficou louca quando
soube que eu já ia e resolveu fazer as malas
também.
Jennifer decidiu que não iria mas ficar com o piso já que vamos embora, Gustavo já está vivendo num piso com Tufária, por que vão trazer
suas famílias para morar aqui. Eu vou, Lisa vai
e Sultan ficou sem ter pra onde ir, mas já se arrumou com Tufária, como só fica até início e maio vai ficar em Cerdanyola.

Pronto a situação não é das melhores, mas não existe comunismo que resista à crise... Cada um pro seu lado, cada um com seus problemas,
e esse vai ser o fim do pueblo comunistas.
Daqui vou levar bons momentos e lembranças das pessoas que por aqui passaram.

segunda-feira, 9 de março de 2009

A cerveja mais cara do mundo: R$ 21,00 absurdo! noite seca...

Resolvemos sair por aí fazendo um tour nos bares pra ver gente e beber até altas horas... Triste fim...
Começamos bem... cantinho brasileiro, a tia de Casa Amarela nos atendeu superbem, nos mostrou seu estandarte do Galo da Madrugada, sua Bandeira de Pernambuco, e a vara do seu Maracatu... sejam bons entendedores... Tomamos Brahma a $2,5 (R$7,50), comemos empadinha de camarão, e um caldinho fenomenal...
Fomos a um pega-bebo que estava fechando e fomos literalmente "hechadas" de lá, cerveja nem pra sair tomando...
Seguimos outro numseique azul, era legal, a cerveja $3 (R$9) tomamos uma e saímos...
Fomos ao ovelha negra, um bar legal mas os porteiros tiraram onda pq a gente estava comendo e não podia entrar, ficamos na calçada pra acabar de comer e eles implicaram dizendo que não podiamos ficar ali... foi uma confusão, bando de filhos das putas! me enchi e disse quem não entrar entrar nesta bosta somos nós, num instante apareceu um pra pedir desculpa. ah vá tomar no cu! Saímos...
Andamos quilômetras buscando outra opção, a noite não estava fria, e conseguimos caminhar com tranquilidade... chegamos em um que tinha dança, estava bom lá cerveja $4 (R$12) não paga pra entrar mas em compensação... tomei só uma e contrariada... resolvemos que iriamos embora, eram quase duas da manhã, neste momento toca o telefone uma amiga de Vivi chamando pra ir a outro lugar SALA6, vamos tá massa, e é free... Fomos
è como a fashion um monte de boysinhos, muita fumaça, barulho, e pasmem: cerveja $7 (R$21) quase morro.... Instituída lei seca...
Fiquei o resto da noite só na observação, por que beber que era o objetivo da noite, não deu!
Cerveja cara do caralho...
Pior que a noite rendeu até as 5:15h, quando ainda nos tocou andar um monte até o metrô e chegar em casa as 6:00 da manhã( que aqui é noite...)
Ou seja sair Por ai, sem destino até pode, mas vamos botar limites no preço da cerveja.
Ah! ia esquecendo um pequeno detalhe, a cerveja é long neck, que se compra por $0,54 no supermercado.

domingo, 1 de março de 2009

Começo a ver da minha janela os primeiros sinais de que a primavera está chegando.

A temperatura está mais alta, as árvores estão adiantando seu estado de rebrotagem, os pássaros já despertam mais cedo.

Já visto menos roupa embaixo do abrigo torcendo para que o sol dê o ar da graça e eu possa me livrar dele. Tô louca pra vestir bermudas, alcinhas, sair por ai de havaianas, arrastando as chinelas, pra sentir calor.

A chegada da primavera também simboliza uma
mudança no rítmo do povo, todos parecem mais,
ou melhor, menos chatos, menos pesados e mau humorados. além de me dizer que estou a mais da metade da minha jornada por aqui, o caminho que cumpri já é mais do que o que tenho pela frente.

Tenho ainda exatos 3meses e 20dias (01/03) para voltar pra casa, mas quando abril chegar a tranformação vai ser completa. Vou à Salamanca
expor um trabalho no XV Congresso Internacional de Antropologia Iberoamericana, e
quando voltar, já volto para Barcelona, viverei mas perto de tudo, por aqui é perto da universidade, mas longe de tudo o mais.

Vou morar este último período no piso de Viviana,
com quem já comparti o Pueblo da Av. Madrid, 57
e onde fiquei hospedada antes de vir para Cerdanyola.
Aqui no piso algumas mudanças: Jennifer e su mama não estão mais conosco, todos os quartos estão ocupados e elas eu não sei onde estão, as vezes aparecem por aqui. Gustavo, meu companheiro de cerveja se mudou, foi morar com Tufária aqui do lado, ambos esperam trazer familia e filhos, estou torcendo por eles. Lisa está por aqui e deve ir para Barcelona quando eu me for, Temos ainda Sultan, ela é turca, doce e tranquila, como Lisa também quase não fala espanhol, e como eu disse, naõ falo turco, nem italiano, nem inglês, imagine como está nossa comunicação... pelo menos eu me divirto e aprendo alguma coisa, tanto de inglês quanto de italiano, aprender turco é muito difícil...
Ah, já ia esquecendo, temos um cachorro no piso, ainda não o vi, nem faço nenhuma questão de ver, dizem que é grande. Ui! Mas, ou está na rua com sua dona ou trancado no quarto... Isso foi esquisito, por que não fomos consultadas sobre o cachorro, simplesmente recebemos o comunicado de que iria vir uma moça italiana e seu mascotão... e eu pensei que ele era pequeno.
Esta semana está previto chuva apesar das boas temperaturas, sábado vou sair com Vivi pra tomar uma, e no mas sem grandes alterações de rotina...
Nos vemos pelas quebradas!